Ação pelo Diabetes 2020 oferece exames gratuitos em novembro

No mês da criança, oftalmologistas destacam a jornada da saúde ocular na infância
13 de outubro de 2020
Natal: Atrações Disney e Papai Noel interativo surpreendem no Garten
17 de novembro de 2020
Mostrar tudo

Ação pelo Diabetes 2020 oferece exames gratuitos em novembro

O Diabetes afeta 425 milhões de pessoas no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, são mais de 16 milhões de diabéticos, o que representa 7% da população. Se não tratada, a doença pode causar sérias consequências, inclusive para os olhos. Para alertar sobre a doença, durante o mês de novembro, será realizada a Ação pelo Diabetes 2020, em Joinville, evento promovido pela Sociedade Joinvilense de Medicina e Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem, com o apoio do Grupo Opty e Laboratório Bayer. 

Devido a atual pandemia a ação neste ano será diferente das demais edições. Serão respeitados todos os protocolos de segurança contra o Covid-19 e por isso outras atividades serão realizadas.  

Uma importante parceria com a Secretaria Municipal de Saúde permitirá realizar durante todo mês, exames em mais de 500 pessoas portadoras de diabetes. Serão feitos exames gratuitos de medição de glicemia, pressão arterial, índice de massa corpórea (IMC)b e fundo de olho, que permite detectar precocemente a Retinopatia Diabética, maior causa de cegueira na população abaixo dos 60 anos.  Além disso, será realizado também o exame do pé diabético no intuito de orientar o portador e evitar complicações como as amputações. “Por conta da pandemia, os exames serão executados nas unidades básicas de saúde e como novidade, a telemedicina, que através de retinógrafos portáteis, ajudarão na triagem do fundo de olho”, explica Dr. Evandro Luís Rosa, médico oftalmologista e coordenador da campanha. A equipe de enfermagem, após passar por cursos de capacitação também estará apta para contribuir com os exames. 

Já no sábado, dia 28 de novembro, acontecerá o “DIA D” no Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem, com a realização de exames de fundo de olho dos pacientes triados nas unidades de saúde. Com esta reavaliação os pacientes que precisarem de tratamento com laser serão encaminhados pelo SUS. O mutirão contará com a participação de mais de 200 voluntários, entre estudantes da área de saúde, médicos e enfermeiros, além da colaboração de várias empresas parceiras. “O projeto tem como objetivo esclarecer a população sobre os riscos da doença e proporcionar gratuitamente os exames que devem fazer parte da rotina do diabético”, finaliza Dr. Evandro. 

Mariana Woj
Mariana Woj
Sou jornalista por profissão, editora da Revista Babies, casada com o Leandro e apaixonada pelo coração cheio da amor que adquiri desde que me tornei mãe do Ben,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *