O perigo dos andadores

Malwee inova ao apresentar peças com realidade aumentada
29 de agosto de 2016
Família Pop Rock
3 de janeiro de 2017
Mostrar tudo

O perigo dos andadores

Mesmo contra as recomendações dos pediatras, o andador continua sendo muito popular para bebês de 6 a 15 meses. Os pais acreditam de maneira errada que a criança ao utilizar o andador, estará segura e alegam várias razões para seu uso, como: mantê-la tranquila e feliz, encorajar sua independência, estimular a marcha, fazer exercícios e contê-la enquanto está se alimentando.

Entretanto, estudos tem mostrado o contrário, a ideia de que o andador é seguro é a mais errada delas. A pesquisadora sueca, Ingrid Emanuelson publicou uma análise dos casos de traumatismo craniano moderado em crianças menores de quatro anos, que considerou o andador o produto infantil mais perigoso, seguido por equipamentos de playground. As lesões são graves, geralmente fraturas ou traumas cranianos, necessitando de hospitalização.

O que pode acontecer de errado do ponto de vista físico:

A criança pode virar o andador para trás, quando apoia os pés no chão e impulsiona o corpo para trás, batendo a cabeça no chão ou na parede. Como a criança ainda não tem a caixa craniana tão firme, qualquer batida pode ser séria, podendo levar a hemorragia cerebral e até a morte.

O bebê pode apoiar os pés no chão de maneira inadequada, dobrando o dorso dos pés para trás, correndo o risco de provocar lesões nos dedos dos pés e na região do tornozelo.

O andador ensina a criança a caminhar errado, com as pernas flexionadas, o que pode levar a encurtamento da musculatura, ou deformar a estrutura óssea das pernas. Também há estudos comprovando que os bebês que usam andador demoram mais tempo para caminhar por afetar o desenvolvimento psicomotor. A criança pula várias destas etapas essenciais para o seu desenvolvimento, impedindo a vivência das quedas naturais do início da aprendizagem de andar, limitando a aquisição do equilíbrio.

Se a criança é pequena para o andador, usará somente as pontas dos pés para movimentar-se, o que poderá causar alguns problemas ósseos e tendinosos, além de aprender a caminhar de maneira errada.

Acidentes que podem acontecer com a criança no andador:

  • Fraturas e traumatismos cranianos, ao rolar uma escada para baixo;
  • Queimaduras e ferimentos cortantes, por conseguir alcançar alturas mais elevadas, pegar um copo, um talher em cima da mesa ou panelas no fogão;
  • Afogamento, ao cair numa piscina, banheira ou balde;
  • Envenenamentos, devido ao acesso aumentado a produtos químicos e de uso domiciliar.

A maioria dos acidentes mais graves decorre de quedas em escadas, degraus e desníveis de piso.

RECOMENDAÇÕES:

A campanha pelo banimento do andador infantil, promovida pela Sociedade Brasileira de Pediatria, visa proteger as crianças dos riscos aos quais ficam expostas ao usarem esse aparelho que não traz nenhum benefício, e que, comprovadamente, ameaça sua integridade física e até mesmo sua vida.

 

cute smiling babies weared diapers crawling isolated on white

Análise do Inmetro

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) analisou dez diferentes marcas de andadores, nacionais e importadas, disponíveis no mercado brasileiro. Avaliando as amostras em doze quesitos (dentre os quais: prevenção de quedas ao descer degraus, abertura, assento e estabilidade), o instituto concluiu que todos os modelos foram reprovados.

Outros Países

Há um movimento muito intenso na Europa e nos Estados Unidos no sentido de que legislações semelhantes à canadense, aonde o uso do andador é proibido desde 2007, sejam aprovadas e postas em prática. Enquanto este progresso não chega ao Brasil, continuamos contando com o bom senso dos pais, no sentido de não expor seus filhos a um produto perigoso e absolutamente desnecessário.

Andadores são perigosos! Mesmo com supervisão, a maioria dos acidentes acontece enquanto um adulto está cuidando da criança. Melhor mesmo é deixar a criança explorar e se divertir no chão.

 

FISIOPLAY-2Escrito Por :

Por: Janaina Vieira Santos e Caroline D. Le Boudec

Fisioterapeutas da CLINICA FISIOPLAY

Rua Benjamin Constant, 1025 – América

Anexo a Clínica Saúde Movimento – Joinville

Fone: (47) – 3027-2435

 

Mariana Woj
Mariana Woj
Sou jornalista por profissão, editora da Revista Babies, casada com o Leandro e apaixonada pelo coração cheio da amor que adquiri desde que me tornei mãe do Ben,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *